As 95 vagas que a unidade de ensino e apoio à criança foram rapidamente supridas. Apenas restam lugares na Sala de Estudo da instituição

A creche, infantário e pré-escolar da Santa Casa da Misericórdia de Portimão encontram-se com as vagas todas preenchidas, após terem sido abertas recentemente inscrições para admissão de novos utentes, referiu Luísa Carneiro, diretora da área infantil da instituição.

Cuidados Continuados da Santa Casa com boa ocupação e resultados positivos.


A Santa Casa da Misericórdia de Portimão (SCMP) foi a pioneira, no Algarve, em 2004 (e uma das primeiras instituições no país), na criação de Unidades de Cuidados Continuados Integrados, com a entrada em funcionamento da sua unidade nesta cidade, que hoje se mantém e desenvolve uma ação positiva e reconhecida na área em que se insere. Naquele ano, o ministério da Saúde e a União das Misericórdias Portuguesas, da qual aquela instituição faz parte, subscreveram um protocolo que estabelecia as condições de criação e posterior funcionamento daquele tipo de unidades de saúde.
Dois anos mais tarde, criada a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, mais uma vez a SCMP marcou a diferença, integrando o projeto e marcando pela inovação, uma vez que foi a primeira na região e uma das poucas no país.